Why I ride

Sou motociclista.

E as vezes eu me pergunto, porquê eu ando de moto?

A resposta é simples, tão simples como o vento batendo em meu rosto enquanto acelero meu motor.

Eu adoro o som dos motores, a briza no rosto, a paisagem passando. Adoro ouvir o ronco dos motores de meus irmãos de estrada, a harmonia dos pistões girando à 8000 rpm, a ressonância desse som no mesmo tempo das batidas do coração como se fosse um metrônomo contando cada quilômetro rodado.
Eu sempre ouvia a expressão “isso é música para meus ouvidos” mas nunca dei importância para este dito. Nunca tinha vivenciado isso e sempre dei de ombros quando o ouvia.
Mas quando estou na estrada, junto de meus irmãos, hoje eu sei o que isto significa. Hoje eu consigo sentir isso, essa expressão “música para meus ouvidos”. Sentir o ressoar dos motores em seu peito, em cada retomada de curva, em cada esticada nas retas, em cada lufada de vento que o escapamento da moto a frente joga em seu rosto.
Tudo isso me faz querer rodar cada quilômetro de estrada, de asfalto, de concreto, de vida.
Enquanto houver essa harmonia entre ronco de motores e batidas de coração, eu quero estar em cima de minha moto, ao lado de meus irmãos, onde o destino nem sempre é certo mas o que conta sempre é o caminho, a estrada, o asfalto e o vento no rosto.

Longa vida aos meus irmãos motociclistas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s